Esta disciplina dá continuidade ao estudo dos conceitos fundamentais para a formação das bases filosóficas para a interpretação bíblica e as metodologias para o estudo e a interpretação da Bíblia.

Quanto aos conceitos fundamentais:

  • Fundamentos históricos de hermenêutica;
  • Bibliologia e hermenêutica: inspiração, autoridade, inerrância e cânone;
  • Contexto canónico: intertextualidade, Velho Testamento no Novo Testamento, tipologia e simbologia.

Quanto às metodologias:

  • Aprofundamento do processo de estudo bíblico indutivo;
  • Aprofundamento do processo de aplicação, tratando também questões teóricas nesta área;
  • O estudo da narrativa;
  • Aprofundamento da competência em liderar estudos bíblicos indutivos em pequenos grupos (EBIPG);
  • Estudo temático e teologia bíblica.

Interpretação dos livros poético-sapienciais (Jó a Cantares) e dos livros proféticos. Aplicação do método exegético à Poesia e Profecia. Atenção especial para com Jó, Eclesiastes, Salmos, Isaías, Jeremias e Jonas. Uso do Hebraico.